Scout Report: Colapso dos Falcons, 2º jogo de Trubisky e muito mais!

A Scout Report é uma coluna em que eu analiso as partidas da rodada. Minha intenção é compartilhar com você minhas impressões do jogo, algumas observações táticas e técnicas que faço de cada confronto.

Infelizmente não posso passar 24 horas por dia assistindo futebol americano, então não dá para trazer todas as partidas de uma vez. Então vamos às partidas que consegui ver até essa terça-feira:

 

Los Angeles Rams 27 vs. 17 Jacksonville Jaguars

 O Los Angeles Rams mostrou mais uma vez que é um time muito bem treinado. Foi uma atuação perfeita? Não, mas a equipe não tentou forçar no ataque, explorou o ponto fraco da defesa dos Jaguars (jogo terrestre) e assim não cometeu erros. Apesar de alguns probleminhas no retorno de punt, os especialistas tiveram uma ótima tarde com um chute inicial e um punt bloqueado retornados para TD.

 Telvin Smith e Myles Jack são dois linebackers espetaculares, dinâmicos, velozes, o que é ótimo contra o passe mas no jogo terrestre as linhas ofensivas adversárias conseguem bloqueá-los com certa facilidade. Esse é o único ponto fraco da defesa dos Jags, o ataque pelo chão.

 É chato falar toda semana? Talvez, mas não consigo me controlar: Leonard Fournette é muito, mas muito especial. Mesmo com as defesas sabendo que ele receberá a bola, o calouro ainda consegue produzir.

 O estilo de jogo do Jacksonville Jaguars não tem uma margem de erro muito grande para vitórias e exatamente por isso a equipe precisa de um Kicker melhor. Jason Myers acertou um Field Goal de três tentados, e esse que ele acertou inicialmente foi errado mas voltou por causa de uma falta dos Rams.

 

Chicago Bears 27 vs. 24 Baltimore Ravens

 O Chicago Bears fez muita força para perder esse jogo. A equipe estava vencendo por 24 a 13 com 5 minutos para o fim da partida, mas cedeu o empate em um retorno de Punt para TD seguido de uma conversão de dois pontos com 1:23 faltando para acabar o último quarto.

 Mitch Trubisky teve uma atuação que não é bem traduzida nas estatísticas. Os números são fracos, mas o novato teve uma boa partida. Créditos para a comissão técnica, que colocou o rookie em boas posições, mas a calma de Trubisky em momentos chaves e a paciência para não forçar a bola são todas dele. O QB brilhou especificamente na prorrogação, em uma conversão de uma 3ª descida para 11 jardas que manteve o drive vivo e permitiu aos Bears chutar o Field Goal da vitória. Veja:

 As duas interceptações lançadas por Joe Flacco não foram sua culpa, ambas desviaram e caíram na mão dos defensores. A primeira inclusive foi uma grande jogada do CB Bryce Callahan.

 A defesa do Baltimore Ravens teve um começo espetacular de temporada e a queda de rendimento coincide com a lesão sofrida por Brandon Williams. O Nose Tackle desfalcou a equipe pela quarta rodada seguida e e os Bears aproveitaram muito bem, com 231 jardas terrestres. Jordan Howard especialmente teve uma grande atuação.

 

Miami Dolphins 20 vs. 17 Atlanta Falcons

 Atlanta Falcons foi para o intervalo vencendo por 17 a 0 em casa contra uns piores times da NFL e conseguiu perder. O Miami Dolphins tem seus méritos, mas foi muito mais uma derrota dos Falcons. Era impressionante o clima péssimo no estádio já no terceiro quarto. A torcida e os jogadores estavam igualmente tensos e o time sucumbiu em campo, sem conseguir fazer nada no ataque.

 Jay Cutler não foi abismal como nas últimas rodadas, mas mesmo assim não jogou bem. O Miami Dolphins conseguiu a virada por causa de Jay Ajayi e Jarvis Landry, que tiveram ótimas atuações. A linha ofensiva também foi muito bem, principalmente no segundo tempo.

 A interceptação no final foi um baita azar de Matt Ryan e uma grande jogada de Reshad Jones. Ainda assim, Matty Ice está bem longe da sua forma de MVP.

 

Tampa Bay Buccaneers 33 vs. 38 Arizona Cardinals

 Ninguém esperava o que Adrian Peterson fez. Dava para ver em New Orleans que ele ainda tinha capacidade física de jogar, mas particularmente eu não achava que seria um bom encaixe com a linha ofensiva do Arizona Cardinals, que foi eleita a pior das cinco primeiras rodadas pelo ‘Pro Football Focus’. AP, no entanto, nos surpreendeu novamente com a sua melhor atuação em mais de dois anos, com muita velocidade e força.

 Quem achava que Carson Palmer estava acabado não tem para onde fugir. O quarterback começou acertando os seus 14 primeiros passes e foi extremamente eficiente. A presença de Adrian Peterson abriu o ataque dos Cardinals, com Larry Fitzgerald teve uma atuação fantástica e até John Brown dando sinais de vida. Os Cards estão vivos.

 Mais preocupante que a lesão de Jameis Winston foi a atuação do Tampa Bay Buccaneers. Os Bucs tinham expectativas enormes para esse ano mas ainda não conseguiram jogar bem. A atuação da defesa foi vergonhosa no primeiro tempo, com a fraca OL dos Cardinals dominando completamente a linha de scrimmage. A secundária até voltou melhor para a segunda etapa, quando o adversário tinha tirado claramente o pé do acelerador.

 Jameis Winston jogou muito mal mesmo antes da lesão e o ataque até melhorou com Ryan Fitzpatrick.

 

Detroit Lions 38 vs. 52 New Orleans Saints

 Esse foi o jogo que cobri no domingo e foi uma das análises mais difíceis que já tive que fazer. As duas equipes tiveram atuações completamente diferentes no primeiro e segundo tempo. Os Saints não são tão bons quanto jogaram nos 30 minutos iniciais e nem tão ruins quando os 30 minutos finais, mesma coisa os Lions (só que invertendo os períodos que jogaram bem/mal).

 A defesa do Detroit Lions, que começou bem o ano, vem piorando a cada rodada. Mesmo quando o time melhorou no segundo tempo ainda não conseguiam fazer qualquer pressão em Drew Bree nem parar o jogo terrestre.

 O New Orleans Saints não pode estar vencendo um jogo por 35 pontos e deixar o adversário reagir. Que o susto tenha servido de lição.

.
.
.
Que rodada maluca! Para (tentar) entender o que aconteceu na semana 6 só escutando o melhor programa brasileiro sobre NFL, o Podcast FA Hoje. Nossa equipe analisou todos os jogos desse domingo, que foi cheio de surpresas. É só dar play!

 

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone 

iTunes (iPhone, iPad, iPod)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais)

Novidade: Deezer

Soundcloud

4shared

Comments

comments