Scout Report: Baker Mayfield e Josh Allen brilham em estreia na NFL + Mahomes e Jackson discretos

Scout Report é a coluna de análise tática do FA Hoje. Nela podemos destrinchar um time em geral, uma atuação específica na temporada ou o desempenho de um jogador individualmente. Nesta edição analisamos Lamar Jackson na sua estreia na Pré-Temporada da NFL 

 

Nesta edição da Scout Report vou analisar a atuação de quatro dos quarterbacks que mais despertam atenção nesta Pré-Temporada: Mayfield, Allen, Mahomes e Jackson. Vamos lá!

Baker Mayfield

Não dá para pedir que um quarterback rookie faça uma estreia melhor. Baker Mayfield teve uma ótima atuação, apresentando uma clara evolução em seu jogo. O novato se movimentou muito bem dentro do pocket, o que era uma das grandes questões cercando-o por causa do esquema tático que comandava no College Football.

Boa movimentação de Baker Mayfield dentro do pocket

Um dos momentos mais impressionantes foi um backshoulder para Rashard Higgins, um passe de requer bastante entrosamento entre recebedor e quarterback, executado com perfeição.

Duas vezes Mayfield converter terceira e quarta descida usando as pernas, o que abre uma dimensão muito boa, só que será marcada melhor na Temporada Regular, já que na Pré-Temporada os times não fazem plano de jogo específico para o adversário. Para não dizer que foi tudo perfeito, o rookie errou alguns passes se movimentando para o lado direito, certamente é algo que precisa trabalhar.

 

Josh Allen

Dá para entender o porquê de muitos olheiros amarem Josh Allen. Ficou bem claro vendo que o novato é uma combinação de muita mobilidade e um braço incrivelmente forte, o potencial é gigantesco. Apesar de não ter brilhado como Baker Mayfield, Allen teve uma estreia muito positiva.

Chama muita atenção como o novato consegue fazer qualquer passe sem dar nenhuma demonstração de esforço. Ele não precisa estar com os pés plantados e equilibrado para colocar velocidade na bola, mas isso acaba o prejudicando. Allen forçou alguns passes e tomou decisões erradas múltiplas vezes, o que acabou não dando em nada por serem os reservas do Carolina Panthers em campo, mas na temporada regular o resultado pode ser trágico. Cada quatro passes mais ou menos o novato errou o recebedor por muito ou lançou uma bola de forma equivocada que poderia ter acabado interceptada.

Decisão errada que deu certo

Foi uma boa estreia. Josh Allen cometeu erros de rookies, como fixar o olhar em um recebedor por muito tempo desde o snap, forçar passes sob pressão ou sem estar equilibrado, mas tudo isso pode ser consertado. O seu potencial é notável, mas ainda há muito trabalho para ser feito.

 

Patrick Mahomes

O novo quarterback titular do Kansas City Chiefs ficou muito pouco tempo em campo, nove snaps para ser mais exato. Com uma amostra tão pequena não dá para fazer qualquer tipo de avaliação, desculpe. Ele se enrolou numa jogada de screen, errou um passe para Travis Kelce por uma boa margem, passou rápido para Tyreek Hill duas vezes, não dá para fazer nenhuma leitura sobre a atuação de Patrick Mahomes.

 

Lamar Jackson

Perto das atuações de Baker Mayfield e Josh Allen, as manchetes serão que Lamar Jackson não teve um bom desempenho. E de fato não ele não foi bem, mas não significa que tenha sido um desastre. Se tivesse que resumir, daria um grande OK.

É curioso que tanto no jogo do Hall da Fama quanto nesta quinta-feira, Lamar começou a partida muito melhor do que terminou. O novato parece entrar concentrado, mas começa a se afobar em alguns momentos com o passar do tempo, quando normalmente o oposto acontece. Deve ser frustrante para ele o fato do pouco sucesso que vem tendo correndo com a bola. O TD foi muito bonito, mas em jogadas de Read Option Jackson não conseguiu vencer a defesa nenhuma vez.

A mobilidade e velocidade de Jackson na redzone é um grande trunfo

Passando a bola, o toque ainda é muito bonito mas a precisão oscilou bem mais do que na quinta-feira passada. Lamar acertou um bonito passe para Chris Moore, que fez uma grande recepção, mas em vários momentos a localização da bola deixou bastante a desejar. Em geral, foi mais uma atuação característica de um QB Rookie. Por maior que seja o seu potencial, nesse momento ele é o terceiro melhor quarterback dos Ravens atrás de Joe Flacco e Robert Griffin III.

Comments

comments