Rodada em Foco – Semana 9

Bem vindos à Rodada em Foco, a mais nova coluna do FA Hoje!

Nela você vai poder conferir o que de mais importante rolou em todas as partidas do domingo e também as observações da nossa equipe!

Além de ler a Rodada em Foco, escute o Podcast FA Hoje para ficar por dentro de tudo que rolou em todas as partidas!

Tampa Bay Buccaneers vs. New Orleans Saints

 Alvin Kamara continua provando que é o melhor running back do New Orleans Saints, o que já era bem claro logo no começo da temporada. Foram 152 jardas totais e 2 TDs, ele estava tão bem que Sean Payton, HC dos Saints, não o tirou de campo após um fumble.

 Cameron Jordan é um monstro e depois de muitos anos tem ajuda ao seu redor na defesa dos Saints. Jordan fez de tudo contra os Bucs, sendo peça importantíssima parando o jogo terrestre do adversário.

 Jameis Winston reagravou a lesão no ombro e precisou deixar a partida no intervalo, o que não fez muita diferença já que o QB teve um primeiro tempo terrível. Não só Winston não evoluiu de 2016 para 2017 como esperávamos, ele regrediu.

Gabriel Martins

 

Denver Broncos 23 vs. 51 Philadelphia Eagles

 Foi um jogo entre dois times em patamares completamente diferentes, os Eagles foram superiores em todos os aspectos.

 Jason Peters não fez muita falta. Carson Wentz foi muito bem protegido, o ataque terrestre teve espaço e a sensação é que não foi preciso muito esforço nesse lado da bola para marcar 51 pontos.

 Mesmo com um número limitado de snaps, Jay Ajayi teve um grande impacto. Em 8 carregadas ele teve 77 jardas e 1 TD. Não vai demorar muito para o britânico ser o cara desse backfield.

 Bem, Brock Osweiler conseguiu ir pior que Trevor Siemian, no máximo tão mal quanto. A defesa do Philadelphia Eagles foi bastante disciplinada e nem precisou pressionar Brock com muita frequência, simplesmente esperou o QB cometer os inevitáveis erros.

 Não sei o que o Denver Broncos deve fazer. Voltar para Trevor Siemian? Insistir com Brock Osweiler? Dar uma chance para Paxton Lynch? Apesar de ser #TeamSiemian, acho que Lynch merece uma chance se estiver recuperado da lesão que o tirou do começo da temporada.

Gabriel Martins

 

Los Angeles Rams 51 vs. 17 New York Giants

 Foi vergonhoso. O Los Angeles Rams passou por cima do New York Giants sem qualquer dificuldade, duvido que os jogadores dos Rams sequer suaram.

 Não sei se dá para avaliar o Los Angeles Rams neste domingo. Do outro lado havia um time completamente perdido e mergulhado em uma profunda crise, mas os Rams fizeram o que deve ser feito: vencer com facilidade.

 Uma ressalva tem que ser feita: o New York Giants está dizimado por lesões. Neste domingo, além das ausências de Odell Beckham e Brandon Marshall, a equipe estava sem o center Weston Richburg, o guard Justin Pugh, o CB Janoris Jenkins (suspenso pelo próprio time) e o DE Olivier Vernon. Justifica a derrota? Não, mas com eles talvez tivesse sido menos.

Gabriel Martins

 

Cincinnati Bengals 07 vs. 23 Jacksonville Jaguars

Em mais uma bela atuação defensiva, os Jaguars saíram com mais uma ótima vitória jogando em casa. A defesa de Jacksonville não deixou o ataque dos Bengals ficar em campo (apenas 19:46 segundos de posse de bola) e impediu que Andy Dalton e seus comandados fizessem muita coisa. Calais Campbell anotou mais um sack e segue firme na briga pelo prêmio de melhor defensor do ano.

Blake Bortles ficou bastante tempo em campo e não decepcionou. O QB teve 1 TD, 259 jardas e acertou 24 de 38 passes. Neste momento da temporada Bortles se mostra mais confiante, errando menos e não entregando a bola para os adversários. Um grande alívio para a torcida e toda comissão técnica dos Jaguars.

Já os Bengals mais uma tarde ruim. O ataque não conseguia acertar quase nada, Andy Dalton errou bastante e o único ponto positivo foi o TD terrestre anotado pelo calouro Joe Mixon. A defesa aguentou o quanto pode, mas cansou por ficar muito tempo em campo. E para fechar a tarde infeliz o time de especialistas ainda cedeu um TD de retorno que confirmou a vitória dos Jaguars. E no meio de tudo isso, o head coach Marvin Lewis vai ficando cada vez mais pressionado e possivelmente caminha para seus últimos jogos no comando dos Bengals.

Frederico Maritan

 

Baltimore Ravens 20 vs. 23 Tennessee Titans

Em boa atuação coletiva, os Titans bateram os Ravens no Tennesse e deram mais um passo na disputada AFC South. Tanto ataque quanto a defesa dos Titans fizeram sua parte e pararam Joe Flacco e a ótima defesa de Baltimore.

Marcus Mariota apareceu bem e teve 2 TDs, 1 INT, 218 jardas e 19 de 28 passes. O QB dá sinais que pode se tornar um dos melhores da liga, mostrando boa presença no pocket, precisão nos passes e se precisar consegue ótimos avanços correndo com a bola. Complementando o QB as boas corridas do RB Derrick Henry, que mesmo não tendo muitas jardas (apenas 26 jardas terrestres) anotou um TD que contribuiu bastante para vitória.

A defesa dos Titans tem muito talento. O setor vem crescendo de rendimento a cada rodada e não deixou o ataque dos Ravens fluir e forçando turnovers. O free safety Kevin Bayard vem se firmando como o grande destaque defensivo dos Titans. Só hoje ele conseguiu duas interceptações para cima de Joe Flacco, totalizando sua sexta na temporada.

Os Ravens foram irregulares mais uma vez no ataque. Joe Flacco não vem jogando bem e mais uma vez o jogo terrestre não conseguiu produzir. O QB totalizou 2 TDs, 2 INTs, 261 jardas em 34 de 52 passes tentados, mostrando mais uma vez o desequilíbrio ofensivo. A defesa faz o que pode, conseguindo forçar turnovers, mas se o ataque não ajudar a temporada da equipe termina mais cedo que o esperado.

Frederico Maritan

 

Atlanta Falcons 17 vs. 20 Carolina Panthers

Com um grande jogo terrestre, os Panthers derrotaram os Falcons num dos duelos mais disputados dessa rodada. Como não poderia ser diferente, a disputada NFC South vai se mostrando com uma das melhores divisões da liga nesta temporada.

As corridas de Cam Newton e Christian McCaffrey foram o grande fator da vitória dos Panthers. Os dois jogadores tiveram, combinados, 2 TDs e 152 jardas, mostrando que cada vez mais essa combinação ficará ainda mais forte com o passar das rodadas. Agora sem Kelvin Benjamin e com Greg Olsen ainda fora, Devin Funches tem missão de ser o principal alvo no jogo aéreo e correspondeu. Mesmo não anotando TDs, o WR teve 86 jardas em cinco recepções e foi um jogador que a defesa dos Falcons teve muitas dificuldades para parar.

A defesa dos Panthers parece estar voltando ao nível de 2015 e com Luke Kuechly em campo, o setor fica ainda melhor. Com muita pressão com Kawann Short e Star Lotulelei na linha defensiva, a precisão nos tackles de Luke Kuechly e Thomas Davis a secundária tem seu trabalho bem facilitado, tanto que o Strong safety Mike Adams conseguiu bela interceptação para cima de Matt Ryan.

Como Kyle Shanaham faz falta para os Falcons. As peças ofensivas são quase as mesmas de 2016, mas sem o coordenador ofensivo o time não lembra nem um pouco o que venceu a NFC no ano passado. Matt Ryan regrediu, vem lançando muitas interceptações em 2017, a dupla Tevin Coleman e Devonta Freeman até consegue boas corridas, mas as defesas estão sabendo neutralizar as armas ofensivas dos Falcons.

Frederico Maritan

 

Indianapolis Colts 20 vs. 14 Houston Texans

Com T.Y.Hilton inspirado e uma boa performance defensiva, os Colts aproveitaram bem a ausência de Deshaun Watson e venceram os Texans em Houston e ainda mantém as esperanças pelo título da AFC South.

Jacoby Brissett oscila muito durante as partidas. O jovem QB, na maioria das vezes, começa muito bem os jogos mas cai de rendimento e dessa vez apesar dos 2 passes para TD, 308 jardas em 20 de 30 passes, sofreu um fumble retornado para TD que esquentou o andamento da partida.

É impressionante o rendimento de T.Y.Hilton mesmo sem Andrew Luck. O WR foi o grande responsável pela vitória, anotando os 2 TDs do time e mais 175 jardas em apenas cinco recepções. Mostrando que é um melhores jogadores de sua posição e a melhor peça ofensiva dos Colts.

A defesa dos Colts fez ótimo trabalho nesta tarde. Mesmo muito facilitado pela ineficiência de Tom Savage, a secundária neutralizou DeAndre Hopkins e Will Fuller, além de anular o jogo terrestre dos Texans. E no momento mais importante da partida, quando os Texans nos segundos finais poderiam viram o jogo numa primeira para o TD, o setor fez sua parte e não deixou que os Colts sofressem a virada. Destaque para o ótimo jogo do OLB Jabaal Sheard, com dois sacks e mais dois fumbles forçados.

Como era de se esperar, os Texans sentiram muito a falta de Deshaun Watson. Tom Savage é apenas um reserva e somente conseguiu aparecer nos minutos finais do jogo, apresentando pouca precisão nos passes e impedindo o desenvolvimento do time. A defesa até segurou bem o ataque dos Colts e até conseguiu anotar um TD, mas com um ataque tão pouco produtivo fica complicado vencer jogos.

Frederico Maritan

Arizona Cardinals 20 vs. 10 San Francisco 49ers

 O Arizona Cardinals é possivelmente o pior time com campanha 4-4 da história. Apesar da campanha, os o torcedor não deve se iludir e dificilmente veremos a equipe de Arizona jogando em janeiro.

 Adrian Peterson carregou a bola 37 vezes para 159 jardas. Isso diz muito sobre como foi a partida e como os Cardinals dependem desse jogo terrestre para moverem as correntes. Contra uma defesa forte, Drew Stanton pode ter que passar muitas vezes a bola e mostrar as fraquezas desse time.

 Falando em Drew Stanton, o quarterback mostrou porque é o reserva mais bem pago da NFL, mas também mostrou porque é apenas um reserva. O experiente QB tem um braço forte e conseguiu esticar o campo, porém não tem condições de carregar o time se o jogo terrestre não funcionar.

Jimmy Garoppolo vai ter muito trabalho em San Francisco. O QB simplesmente não vai ter para quem passar a bola. O melhor recebedor da equipe é Marquisee Goodwin, que é no máximo um bom alvo em profundidade.

Rodrigo Moizéis

Kansas City Chiefs 17 vs. 28 Dallas Cowboys

O jogo parecia que foi disputado em 2016. Os Chiefs tiveram um pragmático Alex Smith, enquanto os Cowboys foram carregados pela dupla Dak e Zeke para mais uma vitória na briga pelos playoffs.

 A primeira coisa que é necessário destacar é como Ezekiel Elliott está jogando bem. O running back está tendo consistência nas corridas e abrindo o espaço para que Dak Prescott possa realizar os suas jogadas com mais tranquilidade.

 Se Zeke jogou muito bem, não se pode dizer a mesma coisa do RB dos Chiefs (e em foi culpa dele). Kareem Hunt correu apenas 9 vezes para 37 jardas e é impressionante como os Chiefs pararam de utilizá-lo. Com isso, Alex Smith fica muito dependente de Travis Kelce e um tight end não pode resolver todos os problemas de um ataque.

 Se você tem Tyreke Hill no fantasy não tem muito o que reclamar, mas o WR não jogou bem (ou pelo menos não foi tão bem utilizado). Hill teve apenas 2 recepções para 64 jardas, mas uma delas foi esse touchdown incrível para 56 jardas, que dá pra colocar em boa parte na conta da defesa dos Cowboys.

Rodrigo Moizéis

Washington Redskins 17 vs. 14 Seattle Seahawks

 Os Redskins tiveram méritos na vitória com boas atuações de Ryan Kerrigan e Kirk Cousins, mas os Seahawks fez força para perder esse jogo. Foram mais de 15 faltas e Blair Walsh perdeu 3 field goals que mudariam a história da partida.

 Duane Brown jogou bem protegendo para Russell Wilson e abrindo o espaço para o jogo terrestre, mas o lado direito da OL acabou comprometendo muito. Com isso, o ataque dos Seahawks não consegue ter consistência e Russell Wilson tem que passar a bola muitas vezes além dele próprio ser o principal corredor do time com 77 jardas.

 Caso a equipe consiga recuperar os jogos lesionados, os Redskins são candidatos aos playoffs. Com a OL saudável, Jordan Reed e Jamison Crowder, o ataque dos Redskins tende a melhorar muito a equipe pode brigar por uma vaga na pós-temporada sendo liderada por Kirk Cousins, que fez um bom jogo contra a forte defesa de Seattle passando para 247 jardas em 31 tentativas.

 A linha defensiva dos Seahawks é muito talentosa e profunda. O calouro Nazair Jones teve outra boa partida e Dwight Freeney conseguiu 2 sacks em sua estreia. Se dependesse apenas da unidade, os Seahawks teriam vencido a partida.

Rodrigo Moizéis

Oakland Raiders 27 vs. 24 Miami Dolphins

Confira o resumo completo no link!

Comments

comments