Rodada em Foco – Semana 14

Bem vindos à Rodada em Foco, a mais nova coluna do FA Hoje!

Nela você vai poder conferir o que de mais importante rolou em todas as partidas do domingo e também as observações da nossa equipe!

Além de ler a Rodada em Foco, escute o Podcast FA Hoje para ficar por dentro de tudo que rolou em todas as partidas!

 

Dallas Cowboys 30 vs. 10 New York Giants

 O jogo estava muito equilibrado até o último quarto, mas rapidamente tudo mudou. Com uma big play de Cole Beasley antecedendo o TD de Jason Witten e, logo na campanha seguinte, um touchdown longo de Rod Smith, Dallas colocou 13 pontos de vantagem no placar.

 A linha ofensiva do New York Giants teve boa atuação, uma das melhores temporadas. Ainda assim o ataque não funcionou, por causa dos jogadores de skill positions. Os running backs deixaram jardas em campo, mas o principal problema foi a conexão entre Eli Manning e os recebedores. Foram muitos drops ou passes um pouco atrás, um pouco para cima, o suficiente para atrapalhar esse ataque, que depende muito de timming e jardas após a recepção.

 Sean Lee voltou da lesão como se nada tivesse acontecido. Foram 18(!!!) tackles e uma interceptação, uma atuação fantástica do linebacker. Lee talvez seja o melhor jogador dos Cowboys.

 Dan Bailey, o kicker mais preciso da história da NFL, errou dois Field Goals e um ponto extra. Bailey não voltou da lesão bem.

Gabriel Martins

 

Green Bay Packers 27 vs. 21 Cleveland Browns (OT)

 O Cleveland Browns vencia por 21 a 7 até a segunda metade do último quarto, mas cometeu os erros que um time ruim comete. Primeiro permitindo um longo retorno de punt que colocou os Packers na linha de 30 jardas precisando do TD para empatar. Depois permitiu uma corrida de Brett Hundley em uma terceira descida em que nenhum defensor marcou a corrida do QB. Por fim permitiu o TD de Davante Adams para deixar o placar 21 a 21 e levar o jogo para a prorrogação.

 Na prorrogação DeShone Kizer entrou em pânico, forçou um passe caindo para trás enquanto andava para a esquerda e foi interceptado, colocando os Packers já no campo de ataque. Eventualmente Davante Adams recebeu um passe curto e levou até a endzone, decretando a vitória.

 A defesa dos Browns deu o fundo de campo para Brett Hundley, colocando seus defensive backs não dando as rotas curtas para os recebedores dos Packers, e isso deu certo.

 Ótima atuação da linha ofensiva do Cleveland Browns, principalmente o interior. Quem mais ganhou com isso foi o RB Isaiah Crowell, que conseguiu o primeiro jogo de 100 jardas na temporada.

 Josh Gordon teve um primeiro tempo muito bom. com três recepções para 69 jardas e um TD, mas a defesa do Green Bay Packers conseguiu fazer os ajustes necessários para anulá-lo na segunda etapa.

Gabriel Martins

Indianapolis Colts 07 vs. 13 Buffalo Bills (OT)

 Esse passe foi um resumo do que foi a partida. A neve comprometeu o jogo e nem a camuflagem dos Colts deu jeito. Em um confronto onde o jogo terrestre reinou, os Bills vencerem e continuam vivos para os offs.

 O Lance abaixo mostra como a neve comprometeu a partida e como Adam Vinatieri é absurdo. Depois do time de especialistas limpar a neve do local do chute, Vinatieri acertou um XP de 43 jardas para levar a partida para a prorrogação.

 O destaque individual da partida fica por conta de Leshaun McCoy. Em 32 tentativas, o running back conseguiu um 156 jardas e um TD pra fechar o jogo na prorrogação, mostrando porque é um dos melhores RBs da NFL.

 Uma outra coisa pra destacar aqui é Kelvin Benjamin. O fato do WR não ser rápido, ajudou ele a manter o equilíbrio e fez com que o WR liderasse a partida em jardas recebidas, com 38.

Rodrigo Moizéis

Minnesota Vikings 24 vs. 31 Carolina Panthers

Com uma boa atuação ofensiva e defensiva, o Carolina Panthers conseguiu importante vitória sobre o Minnesota Vikings e se colocou de vez na briga pela NFC South e de uma das vagas nos playoffs na NFC.

Cam Newton mais uma vez oscilou durante a partida. Alternando ótimos drives, acertando quase tudo que tentava, em determinados momentos o QB errava demais. Mas coube a Newton decidir o rumo do confronto, quando o jogo estava empatado o QB conseguiu uma ótima corrida de 62 jardas que deixou sua equipe em posição de vencer um dos melhores times da temporada.

O RB Jonathan Stewart parece esta voltando a ser parte importante do ataque. Com 3 TDs e mais 103 jardas, o RB é um excelente complemento ao calouro Christian McCaffrey, além de já possuir um ótimo entrosamento com Cam Newton.

A defesa dos Panthers é novamente uma das melhores da liga. Com seis sacks, duas interceptações e mais um fumble forçado, o setor tem tudo para ser um dos melhores na reta final da temporada. Com destaque para o excelente front seven formado por Luke Kuechly, Kawann Short, Julius Peppers e companhia.

A derrota para os Panthers foi talvez a pior atuação de Case Keenum na temporada. Mesmo colocando seu time em posição de vencer, o QB sofreu com a pressão dos Panthers, foi interceptado duas vezes e não apresentou o bom nível que vem jogando neste ano. A defesa dos Vikings ainda é uma das melhores, mas precisará de alguns ajustes para não sofrer novamente contra o jogo terrestre adversário.

Frederico Maritan

Chicago Bears 33 vs. 07 Cincinnati Bengals

Já pensando em 2018, o Chicago Bears conseguiu boa vitória fora de casa sobre o Cincinnati Bengals. Aproveitando dos inúmeros desfalques na defesa dos Bengals, o jogo terrestre e Mitchell Trubiski conseguiram ótimos números para a quarta vitória do time na temporada.

O jogo terrestre dos Bears é especial. Jordan Howard e Tarik Cohen formam uma das melhores duplas de RBs de toda liga. Os dois combinaram para 227 jardas e mais 2 TDs, mostrando que para a próxima temporada a dupla é o caminho para uma maior evolução ofensiva da equipe.

Quando o jogo terrestre flui, um quarterback aproveita bastante. E um QB calouro como Mitchell Trubiski aproveitou ajuda que recebeu por terra. O jovem QB talvez tenha feito sua melhor partida no ano e terminou com 1 TD, 271 jardas e 25 de 32 passes completos, além de correr para mais 1 TD.

A era Marvin Lewis está se aproximando do fim. Mesmo com todo seu ótimo trabalho de reconstrução, parece que o treinador terá de buscar uma nova equipe em 2018. A equipe ainda sonha com uma vaga pelo wild-card da AFC, mas possivelmente sofrerá profundas mudanças para a próxima temporada, e quase que certo com outro head coach.

Frederico Maritan

Detroit Lions 24 vs. 21 Tampa Bay Buccaneers

Com emoção, o Detroit Lions venceu o Tampa Bay Buccaneers jogando na Florida e ainda sonha com uma vaga nos playoffs da NFC.

Sofrendo com problemas físicos, Matthew Stafford mais uma vez sua parte e conduziu sua equipe a mais uma vitória no ano. O QB não teve a melhor das partidas, tendo 1 TD, 2 INTs, 381 jardas e 36 de 44 passas, mas quando se joga quase que sem jogo terrestre, muito pressionado e sem estar nas melhores condições físicas, o QB merece muitos elogios.

É impressionante como o jogo terrestre dos Lions não consegue fluir. Mesmo com Theo Riddick anotando 2 TDs, ele e todo corpo de corredores tiveram apenas 54 jardas pelo chão, o que dificulta muito o desenvolvimento do ataque, tornando-o unidimensional.

A defesa dos Lions tem bons valores e hoje contra os Bucs teve participação importante para confirmar mais uma vitória no ano. Com 3 sacks, duas interceptações e mais três fumbles forçados, mostrando que pode ajudar Matthew Stafford na reta final da temporada.

Já os Bucs só querem esquecer 2017. De grande promessa a uma das maiores decepções, a equipe passará por profundas mudanças em 2018, a começar por seu head coach que possivelmente não continuará no cargo. Jameis Winston precisa melhorar muito e a defesa mesmo com bons talentos necessita de mais profundidade.

Frederico Maritan

Oakland Raiders 15 vs. 26 Kansas City Chiefs

 Os Raiders ficam praticamente fora dos playoffs com essa derrota, e a fraqueza desse time no ataque apareceu muito hoje. O único que jogou bem foi Marshawn Lynch e até a OL, que é vista como uma das melhores da NFL, teve um péssimo dia.

 Os Chiefs lembraram um pouco aquele time do início da temporada e com 5 sacks e um seguro Travis Kelce a equipe fez o suficiente para reassumir a liderança da divisão.

 Kareem Hunt voltou a jogar bem e fica vivo na briga por offensive rookie of the year. Com 116 jardas terrestres e um TD, o calouro fez uma ótima partida e mostra que não é apenas um fogo de palha do início da temporada.

 O time não está bem, mas a defesa dos Raiders parece ter um futuro promissor. Bruce Irvin, Khalil Mack e Karl Joseph tiveram boas partidas e os Raiders mostram que se tiverem mais skill players no ataque, podem ser perigosos dos dois lados da bola.

Rodrigo Moizéis

San Francisco 49ers 26 vs. 16 Houston Texans

 Jimmy Garoppolo teve uma boa atuação. O QB acertou 20 de 33 passes para 334 jardas, 1 TD e 1 Int, mostrando que é um jogador talentoso. Porém agora precisamos que os 49ers rodeiem o QB com talento para sabermos qual a real capacidade de Garoppolo.

 Os 49ers tem uma decisão importante para tomar com Carlos Hyde nessa offseason. Volta e meia o RB consegue fazer grandes jogadas, como fez nessa partida, porém o RB ainda é muito inconsistente. Eu teria exitaria antes de dar um grande contrato para Hyde nessa offseason.

 Não importa o QB. DeAndre Hopkins vem tendo uma temporada fantástica, independente se é Deshaun Watson, Tom Savage ou T.J. Yates. Nesse jogo foram 11 recepções para 149 jardas e 2 TDs, mostrando que o WR merece ser All Pro ao lado de Antonio Brown.

Rodrigo Moizéis

Philadelphia Eagles 43 vs. Los Angeles Rams 35

A defesa dos mandantes começou mostrando serviço. Interceptação sofrida por Wentz, causada por Kayvon Webster. Logo depois Todd Gurley também mostrou a que veio e abriu o placar em L.A.

Os nomes Carson Wentz e redzone, neste ano, fazem parte de uma bela história. Nas últimas 20 jardas do campo, o QB já acumula 23 touchdowns no ano e nenhuma interceptação.

O Quarterback dos Eagles está a um jogo com mais de 3 passes para TD para empatar com Norm Snead na liderança de QBs na história dos Eagles nesse quesito.

Além do recorde acima, outro foi quebrado por Wentz. Ele passou Sonny Jurgensen no número de passes para touchdown da franquia em uma temporada, com 33.

Infelizmente o QB dos Eagles não pôde fazer mais. No terceiro quarto ele teve que deixar o campo após uma dura pancada sofrida dentro da endzone, que provocou uma lesão no seu joelho. Nick Foles assumiu a posição de titular.

Ashlon Jeffery vem sendo peça fundamental para o ataque dos Eagles. Com 7 recepções para TD, o Wide Receiver vive um dos seus melhores anos na NFL.

O bloqueio conseguido por Michael Thomas foi importante para os Rams, que capitalizaram com o TD, tendo sido uma jogada sensacional feita pelo time de especialistas dos mandantes. PS: foi a terceira vez que isso aconteceu essa temporada no time de L.A. Confira abaixo:

 

 

Turnovers mudam jogos. Os Rams venciam e pareciam caminhar até uma vitória, contando com a ausência de Wentz. Porém, o fumble sofrido por Jared Goff (causado por Chris Long) colocou os Eagles de volta no jogo. Após chegarem numa quarta descida e se contentar com o acerto de um FG de 54 jardas, os visitantes receberam 15 jardas de presente após uma falta da defesa dos Rams.

Elliott acertou um FG de 33 jardas para virar o jogo e “sacramentar” a vitória dos Eagles.

As aspas no último tópico estão presentes porque o que sacramentou de fato a vitória foi o fumble forçado por Bradham em Jared Goff e recuperado por Graham, que correu até a endzone.

Victor Rodrigues

Tennessee Titans 7 vs. Arizona Cardinals 12

Primeiro tempo com poucas emoções. Uma pontuação (TD) e um FG desperdiçado pelos Titans.

Algo que vale ser ressaltado: Fitzgerald, depois desse jogo, passou a ser o terceiro na história da NFL no ranking de mais jardas recebidas.

Mariota vem tendo um ano muito fraco. Esse ano são 10 touchdowns e 14 interceptações (duas hoje). Uma delas fez com que os Cardinals abrissem uma diferença de 5 pontos no placar. Porém, o HC dos Titans, Mike Mularkey, falou que o QB estava jogando com uma lesão no joelho…

A linha ofensiva dos Cardinals está sendo dos piores pontos da equipe, permitindo 8 sacks em Gabbert, que vem fazendo um bom trabalho e ajudando os Cardinals nessa reta final de temporada.

Adrian Peterson mais uma vez não jogou, mas o jogo corrido dos Cards foi produtivo e obteve 136 jardas.

Os Titans vem decepcionando bastante nessa temporada e estão no segundo lugar da ‘louca’ AFC sul, liderada pelos Jaguars.

Victor Rodrigues

New York Jets 0 vs. 23 Denver Broncos

Sem ter Josh McCown, o ataque dos Jets desandou. Nem pelo chão, muito menos pelo ar o time conseguiu produzir. Finalmente Robby Anderson foi bem marcado, mas as 100 jardas totais foram vergonhosas.

Demaryius Thomas voltou a atuar bem após um ano medíocre. Melhorar o nível é fundamental para que com um recebedor de elite, os Broncos tenham melhores condições de avançar no jogo aéreo.

José Paulo Mendes

Washington Redskins 13 vs. 30 Los Angeles Chargers

A conexão entre Philip Rivers e Keenan Allen está cada vez mais precisa. A dupla é hoje a que melhor está jogando entre quarterback e recebedores. Em paralelo a isso, Melvin Gordon e Austin Ekeler formam uma dupla de running backs muito dinâmica. Hunter Henry também vive grande fase e o ataque dos Chargers é hoje um dos mais divertidos de se assistir na liga.

 Por outro lado, os Redskins parecem sem grande ambições na temporada. Kirk Cousins até jogou bem dentro das condições impostas, mas o jogo corrido está muito debilitado e a defesa também não consegue ir bem. Josh Norman e Beshaud Breeland são uma excelente dupla de cornerbacks, mas foram bastante queimados por Allen e companhia.

José Paulo Mendes

Seattle Seahawks 24 vs. 30 Los Angeles Chargers

 Russell Wilson não jogou tão bem. Mesmo com mais tempo no pocket, o quarterback dos Seahawks teve uma de duas atuações mais fracas no ano. Parte do mérito é da secundária dos Jaguars, mas erros bobos também custaram caro ao time da costa oeste.

 Leonard Fournette, por outro lado, foi bem demais. Mesmo sem conseguir tantas jardas para o time abrir distância no marcador, depois de a vantagem ser estabelecida, ele correu para garantir a vitória ao conquistar jardas providenciais para poder ajoelhar no final.

 Nesse momento, com o jogo já decidido, alguns jogadores dos Seahawks tomaram atitudes desnecessárias. Sheldon Richardson e Quinton Jefferson foram ejetados com a partida a menos de 50 segundos do final. Pete Carroll teve que entrar em campo para segurar o nível da confusão.

Enquanto Jefferson deixava o campo, a torcida dos Jaguars atirava lixo nele. Quando um dos torcedores se exaltou, o defensor perdeu a paciência e quase foi a arquibancada para arrumar confusão.

José Paulo Mendes

Baltimore Ravens 38 vs 39 Pittsburgh Steelers

Confira aqui o relato do jogo.

Comments

comments