Robert Griffin III afirma ter aprendido a se proteger melhor

O Baltimore Ravens deu uma chance a um quarterback que encantou a NFL em 2012 com a sua capacidade de criar jogadas tanto com o braço direito quanto com as pernas, mas que acabou ficando sem time em 2017. Não, não é esse que você está pensando, estou falando do Robert Griffin III. O ex-jogador do Washington Redskins recebeu a oportunidade de ser o reserva de Joe Flacco e, no processo, revitalizar sua carreira. Em entrevista nesta quarta-feira, Griffin disse ter consertado um dos principais problemas do seu jogo: o de não saber se proteger ao correr com a bola.

‘Eu aprendi a me proteger melhor. Você vai levar pancadas nessa Liga, vai acontecer. O trabalho da linha ofensiva é fazer com que isso não aconteça e o seu trabalho (do quarterback) é fazer com que não aconteça se livrando da bola’, affirmou.

Se o FA Hoje existisse em 2013 com certeza essa mesma matéria já teria sido escrita. Robert Griffin é uma combinação de um quarterback capaz de correr muito bem com a bola, mas sem o feeling de quando sair de campo ou ir para o slide para evitar pancadas e com a resistência à lesões de Pedrinho, Greg Oden e Michael Owen combinados. Uma mistura tão segura quanto uma loja de fogos de artifício funcionando em um posto de gasolina. Qual a chance dele realmente ter aprendido a se proteger? É algo possível de se aprender ou caras como Russell Wilson nascem com esse instinto? Veremos, mas prefiro esperar sentado.
.
.
.
Podcast FA Hoje chegando com uma discussão sobre as piores escolhas na história recente do Draft, os chamados “Busts”. Nossa equipe discutiu quem seriam os cinco principais nomes nessa lista, além de passar pelas notícias mais recentes da NFL. Escute agora!

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone

iTunes (iPhone, iPad, iPod)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais)

Novidade: Deezer

Soundcloud

4shared

Comments

comments