Os Patriots descobrem e as outras franquias seguem pagando caro por seus ex-atletas

O mercado de free agency começou agitado, em especial para dois ex-atletas dos Patriots. Enquanto o OT Trent Brown assinou com os Raiders por 66 milhões de dólares por quatro anos o DE Trey Flowers acertou por um cinco anos um possível bom contrato com os Lions (que ainda não foi divulgado).

Não irei discutir se as contratações foram boas para Raiders e Lions e nem se os atletas farão falta aos Patriots, mas sim discutirei a estratégia de sucesso que a franquia de New England consegue como ninguém na liga. Descobrir e extrair o melhor de cada jogador sem ter que pagar caro é algo mais um fator que explica a longeva dominância que Bill Belichick e os Patriots possuem na NFL.

Que Trent Brown e Trey Flowers foram muito importantes no título da última temporada não se discute. Seus novos vencimentos estão dentro da valorização de atletas que se destacaram na equipe campeã, mas sempre fica aquela dúvida se os atletas são realmente talentosos ou se toda genialidade do melhor head coach da história é quem fez eles se destacarem. Mas isso são questionamentos que somente o desenrolar da temporada de 2019 nos trará as respostas.

A estratégia de sucesso dos Patriots segue firme. Não duvido nada que em 2019 Bill Belichick encontre substitutos à altura e quem sabe até melhores, mas claro, bem mais baratos. Enquanto isso as outras equipes continuam ‘roubar’ pedacinhos do sucesso da franquia abrindo a carteira tentando ser mais competitivos e os Patriots devem seguir sua dinastia na liga como nos últimos anos.

Comments

comments