OPINIÃO: Refazendo a 1ª rodada do Draft de 2017

Quanto tempo é necessário para avaliar com certeza se um time acertou ou errou com uma escolha de Draft? Certamente não são 11 semanas, mas com esses três meses de temporada já dá para observar algumas coisas. Pensando nisso resolvi refazer a primeira rodada do Draft desse ano e tenho certeza que as equipes também adorariam essa oportunidade. Antes das seleções, queria compartilhar algumas observações:

 

 Só oito das 32 escolhas não foram mudadas. Em três seleções eu mudei para um jogador que a própria equipe selecionou, só que mais para frente.

 O New Orleans Saints teve um Draft transcendental. A equipe deve levar o prêmio de melhor rookie tanto na defesa com Marshon Lattimore quanto no ataque com Alvin Kamara. Some isso ao LT Ryam Ramczyk e o FS Marcus Williams, que vem sendo ótimos jogadores. O resultado em campo é óbvio e essa classe pode ter mudado o rumo da franquia.

 Que ano para Defensive Backs! Muitos cornerbacks e safeties de talento nesse Draft.

 Mudando as escolhas com certeza as trocas que foram feitas também não seriam as mesmas. O Houston Texans, por exemplo, não teria subido ao número 12 sem Deshaun Watson disponível. Para efeitos desse exercício, no entanto, mantive as equipes onde selecionaram.

 

1 – Cleveland Browns
Original: Myles Garrett, DE
Re-Draft: Deshaun Watson, QB (12ª escolha – Houston Texans)

Myles Garrett é ótimo e será um DE dominante por muitos e muitos anos. Mas tendo essa oportunidade de refazer o Draft, Cleveland nunca deixaria passar Deshaun Watson. Ele teria o mesmo impacto que tem Houston? Difícil dizer, mas Watson provou ser o franchise quarterback que os Browns procuram

 

2 – Chicago Bears
Original: Mitchell Trubisky, QB
Re-Draft: Mesma escolha

Mitch Trubisky não explodiu como Watson, mas é difícil julgar um QB rookie que não tem sequer um alvo confiável. Trubisky mostrou o suficiente para nos deixar intrigado com o seu potencial.

 

3 – San Francisco 49ers
Original: Solomon Thomas, DE
Re-Draft: Myles Garrett, DE (1ª escolha – Cleveland Browns)

Mesma posição, mas Myles Garrett é simplesmente muito superior a Thomas, que vem tendo uma boa temporada de rookie.

 

4 – Jacksonville Jaguars
Original: Leonard Fournette, RB
Re-Draft: Mesma escolha

Dá para discutir o nome de Kareem Hunt ou Alvin Kamara aqui, mas não acho que os Jaguars trocariam Fournette por um desses dois.

 

5 – Tennessee Titans
Original: Corey Davis, WR
Re-Draft: Marshon Lattimore, CB (11ª escolha – New Orleans Saints)

Corey Davis teve pouquíssimo impacto no ataque dos Titans até agora, que realmente precisava de um WR 1 de verdade. Ao invés de Davis, Tennessee seleciona o melhor CB desse Draft e favorito ao prêmio de Defensive Rookie of the Year para fortalecer a defesa, que continua com problemas na secundária.

 

6 – New York Jets
Original: Jamal Adams, S
Re-Draft: Mesma escolha

Depois de suar frio por cinco rodadas, a direção dos Jets respira aliviada ao ver que Jamal Adams continua disponível. Adams vem tendo uma temporada muito boa e será uma peça fundamental na reconstrução dos Jets

 

7 – Los Angeles Chargers
Original: Mike Williams, WR
Re-Draft: Garett Bolles, LT (20ª escolha – Denver Broncos)

Bolles não vem sendo perfeito, mas o esforço está lá e o rookie vem melhorando semana após semana, ganhando até uma vaga na seleção dos novatos feita pelo ‘Pro Football Focus’. E nem preciso falar sobre como os Chargers precisam de uma OL melhor né?

 

8 – Carolina Panthers
Original: Christian McCaffrey, RB
Re-Draft: Alvin Kamara, RB (67ª escolha – New Orleans Saints)

Christian McCaffrey vem jogando melhor nas últimas semanas, mas não mostrou até agora a capacidade de ser um running back completo eficaz em todas as descidas. Alvin Kamara sim, é um 3 down back excelente tanto correndo com a bola quanto recebendo passes.

 

9 – Cincinnati Bengals
Original: John Ross, WR
Re-Draft: Carl Lawson, OLB (116ª escolha – Cincinnati Bengals)

Carl Lawson é provavelmente o maior steal desse Draft até agora, em um ritmo para gerar 71 pressões contra os QBs adversários. Desde 2014 só Khalil Mack, Joey Bosa e Markus Golden geraram mais que 50.

 

 

10 – Kansas City Chiefs
Original: Patrick Mahomes, QB
Re-Draft: Mesma escolha

Essa é difícil. Existem vários jogadores disponíveis que poderiam ajudar bastante o Kansas City Chiefs, enquanto Patrick Mahomes não viu a cor da grama e nem verá em 2017. Ele será mantido aqui por dois motivos: é uma escolha para o futuro e pelo fato de sua presença ter feito Alex Smith jogar o melhor futebol americano da carreira. Smith seria candidato a MVP sem Mahomes? Talvez não.

 

11 – New Orleans Saints
Original: Marshon Lattimore, CB
Re-Draft: Tre’Davious White, CB (27ª escolha – Buffalo Bills)

É um sinal de quão bom o Draft do New Orleans Saints foi quando duas escolhas da equipe já saíram agora no Top 10. Sem Lattimore a equipe pega o segundo melhor CB dessa classe e que vem jogando quase tão bem quanto a seleção original dos Saints.

 

12 – Houston Texans
Original: Deshaun Watson, QB
Re-Draft: DeShone Kizer, QB

O motivo pelo qual o Houston Texans subiu tanto no Draft foi para selecionar um quarterback. DeShone Kizer pode não ter jogado nem perto do nível de Deshaun Watson, mas mostra alguns traços interessantes.

 

13 – Arizona Cardinals
Original: Haason Reddick, LB
Re-Draft: Shaq Griffin (90ª escolha – Seattle Seahawks)

Reddick vem jogando metade dos snaps da defesa do Arizona Cardinals na temporada e vem sendo adequado, alternando boas jogadas e outras ruins como todo rookie. Shaq Griffin daria um ótimo CB para o lado oposto de Patrick Peterson que essa defesa nunca teve.

 

14 – Philadelphia Eagles
Original: Derek Barnett, DE
Re-Draft: Solomon Thomas, DE (3ª escolha – San Francisco 49ers)

Barnett vem sendo uma parte importante da incrível linha defensiva do Philadelphia Eagles, mas Solomon Thomas é um jogador melhor mesmo que seus números não indiquem.

 

15 – Indianapolis Colts
Original: Malik Hooker, S
Re-Draft: T.J. Watt, OLB (30ª escolha – Pittsburgh Steelers)

Malik Hooker era meu jogador favorito nesse Draft e quando esteve em campo foi um steal para os Colts, lembrando um jovem Ed Reed. O problema é a sua capacidade de permanecer saudável, que foi colocada em questão antes do Draft e agora ele está machucado. T.J. Watt é um pass rusher dominante que faria muita diferença na defesa de Indianapolis.

 

16 – Baltimore Ravens
Original: Marlon Humphrey, CB
Re-Draft: Cooper Kupp, WR (69ª escolha – Los Angeles Rams)

Nada contra Marlon Humphrey, que vem tendo uma boa temporada de rookie, mas o Baltimore Ravens precisa desesperadamente de reforços no outro lado da bola. Cooper Kupp ajudaria muito Joe Flacco em passes curtos e intermediários, ajudando o ataque a permanecer mais tempo em campo.

 

17 – Washington Redskins
Original: Jonathan Allen, DT
Re-Draft: Mesma escolha

Jonathan Allen vinha jogando muito bem até se machucar e merece continuar sendo a escolha.

 

18 – Tennessee Titans
Original: Adoree’ Jackson, CB
Re-Draft: Corey Davis, WR (6ª escolha – Tennessee Titans)

Jackson vem sendo um ótimo retornador e melhora como CB a cada semana, mas nesse Re-Draft os Titans já selecionaram Marshon Lattimore e o buraco na posição de WR continua. 12 escolhas após a original, Corey Davis novamente se torna um Titan. Alguns recebedores até produziram mais que Davis, mas ele mostra alguns flashes interessantes e tem um potencial gigantesco, mesmo que o seu ano de novato não esteja sendo bom.

 

19 – Tampa Bay Buccaneers
Original: O.J. Howard, TE
Re-Draft: Mesma escolha

O.J. Howard está começando a aparecer mais no ataque aéreo a cada semana e já é um bloqueador muito capaz. Para um Tight End novato ele está jogando melhor que o esperado.

 

20 – Denver Broncos
Original: Garett Bolles, OT
Re-Draft: Ryan Ramczyk, OT (32ª escolha – New Orleans Saints)

Sem Bolles, os Broncos não tem opção e vão atrás de outro Left Tackle. Ramczyk vem jogando melhor do que o esperado em uma das melhores linhas ofensivas da NFL, a dos Saints.

 

21 – Detroit Lions
Original: Jarrad Davis, LB
Re-Draft: Mesma escolha

Davis vem sendo um excelente linebacker e Detroit encontrou nele o substituto de DeAndre Levy.

 

22 – Miami Dolphins
Original: Charles Harris, DE
Re-Draft: Kareem Hunt, RB (86ª escolha – Kansas City Chiefs)

Sem Jay Ajayi, o Miami Dolphins agora seleciona um running back muito mais dinâmico. Hunt não teria o mesmo impacto que teve em Kansas City, mas seria mais útil que Ajayi pela sua capacidade de receber passes.

 

23 – New York Giants
Original: Evan Engram, TE
Re-Draft: Dalvin Cook, RB (41ª escolha – Minnesota Vikings)

Os problemas do jogo terrestre dos Giants não vem só da ineficácia da linha ofensiva, a falta de talento na posição de Running Back também é responsável. Cook liderava a NFL em jardas até se machucar e seria um every down back que NY não tem há séculos.

 

24 – Oakland Raiders
Original: Gareon Conley, CB
Re-Draft: Marlon Humphrey, CB (16ª escolha – Baltimore Ravens)

Os Raiders tem a pior secundária da NFL e Conley não teve impacto nenhum, nem quando esteve em campo. Com Humphrey eles pelo menos estabilizariam uma das posições de CB.

 

25 – Cleveland Browns
Original: Jabrill Peppers, S
Re-Draft: Marcus Maye, S (39ª escolha – New York Jets)

Jabrill Peppers era uma projeto, todo mundo sabia, mas por que não pegar um safety melhor agora e, possivelmente, no futuro? Maye fica um pouco na sombra de Jamal Adams, mas vem jogando muito bem e mostra ótimos instintos na cobertura contra o passe.

 

26 – Atlanta Falcons
Original: Takkarist McKinley, OLB
Re-Draft: Jordan Willis, DE (73ª escolha – Cincinnati Bengals)

Takkaris McKinley vem tendo uma boa temporada de rookie, mas Jordan Willis simplesmente tem jogado melhor e mostra um grande potencial como um DE de 4-3.

 

27 – Buffalo Bills
Original: Tre’Davious White, CB
Re-Draft: Desmond King, CB (151ª escolha – Los Angeles Chargers)

5º melhor rookie da temporada no ranking do ‘Pro Football Focus’, King vem sendo um ótimo nickel back e não errou nenhum tackle na temporada. Claro que se White tivesse disponível, ele seria a escolha.

 

28 – Dallas Cowboys
Original: Taco Charlton, DE
Re-Draft: Takkarist McKinley, OLB (26ª escolha – Atlanta Falcons)

Taco Charlton conquistou recentemente seu primeiro sack na temporada, mas vem tendo um ano muito discreto. Takkarist McKinley traria um pouco mais de dinamismo e velocidade para a defesa dos Cowboys.

 

29 – Cleveland Browns
Original: David Njoku, TE
Re-Draft: Evan Engram, TE (23ª escolha – New York Giants)

Njoku mostra muito potencial, mas Evan Engram seria uma escolha melhor nesse momento. Engram é basicamente um recebedor, e um muito bom por sinal, ajudando DeShone Kizer.

 

30 – Pittsburgh Steelers
Original: T.J. Watt, OLB
Re-Draft: JuJu Smith-Schuster, WR (62ª escolha – Pittsburgh Steelers)

Até agora os três wide receivers selecionados no Top 10 não justificaram suas escolhas e a classe de 2017 não parece que será conhecida por muita qualidade nessa posição. O melhor até agora é JuJu Smith-Schuster e, sem T.J. Watt, os Steelers não esperariam até a segunda rodada para selecioná-lo.

 

31 – San Francisco 49ers
Original: Reuben Foster, LB
Re-Draft: Mesma escolha

Foster mostra tanto potencial que o 49ers não hesitou em se desfazer de NaVorro Bowman.

 

32 – New Orleans Saints
Original: Ryan Ramczyk, OT
Re-Draft: Marcus Williams, S (42ª escolha – New Orleans Saints)

Os Saints fizeram um Draft fenomenal, tanto que tiveram três escolhas roubadas nessa primeira rodada. Para evitar mais roubos, os Saints selecionam Marcus Williams 10 posições antes e a sensação é que ainda assim seria um steal. O safety vem tendo uma ótima temporada e lidera a defesa de New Orleans em snaps.
.
.
.
Domingo agitado com muito futebol americano e você já sabe que para ficar por dentro de tudo que rolou tem que escutar o Podcast FA Hoje! Nossa equipe analisou todas as partidas no nosso já tradicional programa pós-rodada, escute agora!

 

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone 

iTunes (iPhone, iPad, iPod)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais)

Novidade: Deezer

Soundcloud

4shared

Comments

comments