OPINIÃO: O erro do Washington Redskins não foi cometido agora

Acho que a NFL ia ficar sentada vendo a NBA receber toda atenção por causa da Blockbuster Trade que mandou Blake Griffin para o Detroit Pistons? O mundo do futebol americano foi sacudido na madrugada de terça para quarta com a notícia de que Alex Smith havia sido trocado pelo Kansas City Chiefs para o Washington Redskins por uma escolha de terceira rodada e o CB Kendall Fuller. Um negócio surpreendente que abre muitas perguntas: onde Kirk Cousins jogará em 2018? Será que Patrick Mahomes está pronto para ser titular em KC? Alex Smith conseguirá repetir a boa temporada?

Muita coisa para desempacotar nessa negociação. Meu primeiro ponto é: a troca por Alex Smith em si não é um erro do Washington Redskins. Smith foi um candidato a MVP nos primeiros dois meses de 2017 e mesmo não sendo essa a realidade dele, o camisa 11 já provou ser um cara capaz de administrar um ataque. Ele não vai elevar o nível dos seus companheiros e precisa de um bom sistema ao seu redor, mas ainda assim é melhor que a maioria dos passadores na NFL e isso tem muito valor. O preço, uma escolha de terceira rodada e o CB Kendall Fuller, não foi caro, muito pelo contrário. A renovação contratual dada em seguida, 94 milhões de dólares por quatro temporadas (salário anual de 23,5 milhões de dólares) está dentro da média do mercado, um QB do nível dele custa isso mesmo.

 

“(Alex Smith) não vai elevar o nível dos seus companheiros e precisa de um bom sistema ao seu redor, mas ainda assim é melhor que a maioria dos passadores na NFL e isso tem muito valor”

O problema não foi a troca por Alex Smith e sim as circunstâncias que obrigaram o Washington Redskins a precisar disso. Toda franquia sabe que quando você encontra um quarterback minimamente capaz e que tem chance de ser o seu Franchise QB, é preciso garantir sua permanência. Não são só Russell Wilson ou Derek Carr. Caras como Ryan Tannehill e Andy Dalton, piores que Cousins, recebem contratos longos por serem valiosos, porque mesmo não enchendo os olhos é melhor tê-los do que não. Dolphins e Bengals não ficaram em cima do muro, garantiram logo os dois por contratos baratos que davam espaço para manobrar no futuro. Esse foi o erro dos Redskins. Se lá atrás, depois da temporada 2015, tivessem oferecido um contrato de 20 milhões de dólares por temporada por cinco anos para Kirk Cousins, ou até menos que isso, ele teria aceitado e hoje seria uma grande barganha. Só que existem  motivos para Washington estar na minha lista das cinco piores administrações da NFL.

Tenho que fazer um mea culpa aqui também. Eu era um dos maiores críticos de Kirk Cousins. Nunca acreditei nele e se eu fosse o GM do Washington Redskins provavelmente não teria oferecido um contrato longo para ele em 2016 ou 2017. O quarterback, no entanto, mudou totalmente minha visão nessa temporada. Não foi o melhor ano dele em números, mas a forma como lidou com todas as mudanças nas skill positions e com a linha ofensiva entrando em campo com uma formação diferente a cada jogo mostrou um QB maduro e capaz de liderar um time. Ele é um dos dez melhores da NFL? Não, mas é bem acima da média. Esses caras não chegam no mercado aberto, Cousins é um caso inédito. O que Washington deveria ter feito é admitir o erro, torná-lo o passador mais bem pago da história por uma boa margem (o que acontecerá na Free Agency) e seguir com a vida, e não perdê-lo de graça.

“Existe motivo para os Redskins terem entrado na minha lista de piores administrações da NFL”

Kirk Cousins será um dos nomes mais disputados da história recente do mercado de Free Agents. Times como Denver Broncos, Jacksonville Jaguars e Buffalo Bills, além de outros, já estão provavelmente quebrando as regras da NFL e conversando com o agente dele. Espere um grande leilão que coloque o de Ronaldinho Gaúcho quando voltou para o Brasil no chinelo. Não existe nenhuma dúvida que Cousins se tornará o jogador mais bem pago da história, você pode achar ou não que ele merece isso mas é assim que funciona o mercado. Cousins será o primeiro a quebrar a barreira dos 30 milhões por temporada e não ficaria surpreso se chegasse aos 35 milhões, provavelmente com o maior valor garantido de todos os tempos. Os erros do Washington Redskins farão dele, draftado como contrapeso junto com Robert Griffin, em um dos atletas que mais faturou em sua carreira no futebol americano.

.
.
.
Foi dada a largada da semana do Super Bowl! Falta pouco para o grande jogo e nesta edição do Podcast FA Hoje nossa equipe passou pelas últimas notícias de Eagles e Patriots, como por exemplo o status de Gronk, e também o que de mais importante aconteceu na NFL. Escute agora!

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone

iTunes (iPhone, iPad, iPod)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais)

Novidade: Deezer

Soundcloud

4shared

Comments

comments