OPINIÃO: Como o Brasil pode produzir novos Durval Queiroz?

 

Os fãs brasileiros de futebol americano estão em festa. Nesta segunda-feira veio o anúncio de que Durval Queiroz assinou com o Miami Dolphins, ganhando assim uma oportunidade de brigar por vaga no elenco da equipe para a temporada regular. Duzão se tornou assim o primeiro jogador latino a assinar com um time da NFL sem ter jogado College Football nos EUA, um feito gigantesco. Após o período de justa comemoração, qual o próximo passo para o FABR produzir mais Durvais?

Antes de escrever este artigo conversei com pessoas que sabem muito mais sobre o cenário do futebol americano no Brasil do que eu, como Victor Romualdo (do site Salão Oval) e Bruno Barandas (head coach do Vasco Almirantes), entre outros. O sentimento geral é que temos muitos jogadores talentosos no nosso país, mais do que em qualquer momento da história da bola oval brasileira, mas não existe outro Durval Queiroz.

Algo que precisa ficar bem claro é o tamanho do feito alcançado por Duzão. Ser contratado sem ter jogado futebol americano universitário é muito raro. Com exceção da CFL, não há um histórico grande de atletas de ligas de fora dos EUA assinando com a NFL. Para efeito de comparação, a German Football League (liga alemã de futebol americano) teve um atleta draftado em 2016, o primeiro europeu na história a ser escolhido no evento.

O caminho para termos mais brasileiros na NFL é termos mais jogadores no futebol americano colegial e universitário nos EUA, e esse crescimento já vem ocorrendo. Não há um número oficial, mas nos últimos anos cada vez mais jovens do nosso país vão para a terra do Tio Sam jogar em colégios e universidades. Quanto maior esse contingente, maior a chance deles se destacarem e chamarem atenção dos 32 times.

É um processo todo conectado, mas que não acontece do dia para a noite. Temos muita gente jogando futebol americano no Brasil. A evolução dos nossos campeonatos e do trabalho das nossas categorias de base fará com que colégios e universidades dos EUA vejam o nosso país como um celeiro para novos talentos. Durval assinando com os Dolphins é um sinal bem claro de que os jogadores brasileiros merecem atenção. E assim, teremos mais representantes na NFL!

 

.
.
.
No Podcast FA Hoje nossa equipe continua analisando as necessidades de todos os times da NFL no Draft, dessa vez passando pela NFC Leste, casa dos Cowboys, Eagles, Redskins e Giants. Escute!

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone

Spotify

iTunes (iPhone)

Soundcloud (Android e outros sistemas operacionais)

Nos escute no Google Podcast (só buscar FA Hoje no app)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais) 

Deezer

Comments

comments