Nomes para ficar de olho no Draft de 2019

A primeira rodada do draft de 2018 já se foi mas o recrutamento está longe de acabar. Além disso, já está na hora de pensar no draft do ano que vem e o FA Hoje traz para você uma lista com os principais nomes para ficar de olho nessa temporada do College Football e que são elegíveis para o recrutamento de 2019.

Dexter Lawrence, DT/NT, Clemson

Lawrence tem o tamanho perfeito para ser um nose tackle (1,96m e 154 kg) e só não tem uma produção tão alta no college devido a alta competitividade que tem na linha defensiva de Clemson.

Clayton Thorson, QB, Northwestern

Thorson tem o biotipo de um QB na NFL, mas terminou 2017 com uma temporada não tão boa e com uma lesão. Se melhorar sua produção e se manter saudável tem tudo para sair alto no draft de 2019.

A.J. Brown, WR, Ole Miss

Esse tem nome de WR (fusão de A.J. Green com Antonio Brown). Em sua primeira temporada no futebol americano universitário Brown já produziu mais de 1000 jardas e 11 TDs, sendo o principal prospecto da posição para 2019.

Trey Adams, OT, Washington

Adams tem o tamanho perfeito (2,03m e 148 kg) e a atlético o suficiente para ser apontado como um dos principais nomes de linha ofensiva dessa classe.

Clelin Ferrell, DE, Clemson

Ferrell teve 18.5 tackles para perdas de jardas e 9.5 sacks em 2017 e tem tudo para ser um dos Edge Rushers mais badalados da classe

DeAndre Baker, CB, Georgia

Baker é um corner que vem evoluindo temporada após temporada e em 2018 pode se provar como o melhor jogador de secundária para o próximo draft.

Christian Wilkins, DT, Clemson

Mais um jogador da DL de Clemson, o que torna compreensível a produção deles não serem tão alta. Wilkins tem o tamanho perfeito para ser um DT de 4-3 (1,93m e 140 kg) e junto com seus companheiros deve chamar atenção na temporada de 2018

Nick Bosa, DE, Ohio State

O irmão mais novo de Joey Bosa é mais um bom jogador dessa ótima classe de DLs. Para chegar com um hype parecido com o irmão porém, Nick precisará aumentar sua produção em 2018.

Shea Patterson, QB, Ole Miss

Patterson jogou apenas 7 jogos em 2017 mas chamou atenção por sua capacidade de ser explosivo (17 TDs) e sua precisão nos passes. Uma temporada inteira como titular pode impulsionar esse jogador para o topo do próximo recrutamento.

Drew Lock, QB, Missouri

Talvez o quarterback que mais produziu no college football até agora nessa classe com 44 TDs em 2017. O jogador tem um bom tamanho para ser QB na NFL mas ainda tem alguns problemas de mecânica e precisão que devem ser refinados.

Josh Allen, LB, Kentucky

O xará do QB de Wyoming é o líder da defesa de Kentucky que tem mais tradição no basquete do que no futebol americano universitário. Allen é ótimo contra o jogo terrestre mas ainda precisa melhorar na proteção contra o passe.

Connor McGovern, OG, Penn State

McGovern é visto como o melhor jogador de interior de linha ofensiva dessa classe mas em 2018 terá uma ano de provação sem Saquon Barkley na equipe que era criticado por não ter uma OL tão eficiente.

Bryce Love, RB, Stanford

O finalista do Heisman em 2017 optou por jogar mais um ano no college e isso deve lhe tornar o principal prospecto da posição em 2019.

Collins Johnson, WR, Texas

Johnson tem 1,98 sem um WR gigantesco que apesar de ter mostrado talento recebendo ao redor do campo ainda não conseguiu se consolidar como uma arma em RedZone tendo apenas 5 TDs em seus 2 anos de college. Se melhorar isso, tem tudo para ser um dos principais nomes do próximo draft.

Devin White, LB, LSU

White é o protótipo do linebacker moderno que patrulha de um lado ao outro no campo e que tem tudo para ser muito efetivo na proteção contra o jogo aéreo.

Damien Harris, RB, Alabama

Harris tem tido uma ótimo carreira em Alabama e é um ótimo talento pra quem procura um power back, mas ainda não demonstrou grandes talentos contribuindo com o jogo aéreo.

Elgton Jenkins, C, Mississipi State

Principal center da classe e que tem o tamanho e o atleticismo necessário para ser um titular na NFL a partir do momento que pisar na liga.

Chauncey Garder, FS, Florida

Apesar do ano ruim em 2017 dos Gators Garder foi um safety que chamou atenção e pode chamar atenção em uma classe que não é tão profunda na posição.

 Sam Beal, CB, Western Michigan

Beal é um corner alto (1,85m) é que tem boa produção universitária, mas ainda é considerando soft e precisa ganhar massa muscular para ser um grande jogador NFL.

Caleb Wilson, TE, UCLA

Wilson vinha tendo um ano incrível em 2017 com 490 jardas recebidas em 5 jogos mas uma lesão no pé encerrou precocemente a sua temporada. O jogador é um tight end moderno recebendo passes e tendo tudo para ser o principal prospecto da posição em 2019.

.
.
.

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone

iTunes (iPhone, iPad, iPod)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais)

Novidade: Deezer

Soundcloud

4shared

Comments

comments