Na edição de 2018 do Pro Bowl, time da AFC vence com uma virada no último quarto

Muitos o acham desnecessário e chato, outros o acham interessante e divertido, independente dos sentimentos, o domingo (28) foi dia de Pro Bowl. Na edição 2018, quem levou a melhor foi o time da conferência americana, por 24 x 23, no Camping World Stadium, Orlando.

A equipe da NFC abriu o placar com uma boa campanha conduzida por Brees (Saints), que teve como principais alvos os recebedores do algoz da equipe de New Orleans, Kyle Rudolph e Adam Thielen (ambos dos Vikings). Os sete pontos vieram através do passe de Brees para Thielen na endzone. A AFC diminuiu com um field goal de 41 jardas convertido por Chris Bosswell.  Com a chuva caindo ‘com vontade’, após o punt batido pela NFC, Tyrek Hill (Chiefs) soltou a bola depois da pressão do Budda Baker (Cardinals) e o mesmo recuperou a bola e causou o primeiro turnover do jogo. Para dar início a campanha após o fumble,  Russell Wilson (Seahawks) entrou em campo e não conseguiu avançar, e como já estavam em área de FG, Graham Gano (Panthers) entrou no gramado e acertou um FG de 43 jardas. 10 x 3 para a NFC. O grande lance do primeiro tempo foi a pick six de Harrisson Smith (Vikings) interceptando Big Ben. A jogada foi possível graças a ótimos bloqueios feitos pela defesa da conferência nacional, 17 x 3. Alex Smith (Chiefs) entrou em campo pela AFC, conduziu uma boa campanha até a redzone e, no two minute warning, foi interceptado por Patrick Peterson (Cardinals). A conferência nacional anotou mais três pontos com Gano e encerrou o monólogo na primeira etapa. 20 x 3.

No segundo tempo, a AFC começou anotando sete pontos em um drive que teve como destaque a bela recepção de T.Y Hitlon (Colts) e a bagunça que fez na secundária da NFC. Para finalizar a campanha, Alex Smith encontrou Delaine Walker (Titans) na endzone, 20 x 10. Para dar uma força extra pra AFC, Russell Wilson lançou um passe em profundidade que acabou sendo interceptado por Casey Hayward (Chargers), que tentou avançar em campo ‘na base do rugby’, mas acabou com Jalen Ramsey sofrendo o tackle na linha de 43 no campo da AFC. Derek Carr (Raiders) entrou em campo e conseguiu levar a conferência americana a mais um TD, com a campanha finalizada por LeSean McCoy (Bills), que correu duas jardas até a endzone. 20 x 17. No final do terceiro quarto, Jared Goff entrou em campo e conduziu a NFC para outro FG convertido por Gano, 23 x 17. Patrick Peterson mais uma vez interceptou o passe, dessa vez de Derek Carr que tentou uma deep play. Vale ressaltar que essa foi a quinta interceptação do defensive back do Cardinals em pro bowls. Com pouco mais de um minuto no cronômetro, Derek Carr lançou um lindo passe de 18 jardas para Delaine Walker, anotou o TD. 24 x 23. A AFC ‘matou’ o jogo com o fumble forçado e recuperado por Von Miller.

Comments

comments