FANTASY RANKINGS: wide receivers, a chave para a consistência

A posição de wide receiver é cada vez mais importante na NFL, com seus jogadores disputando a posição de segunda posição mais bem paga da liga. No fantasy, eles já são os que saem logo depois dos running backs.

A chave da posição de wide receiver é a consistência daqueles que jogam. Você precisa montar um grupo coeso que consiga dar equilíbrio com seus running backs e que consiga compensá-los quando vão mal. Além disso, a posição vira essencial quando seu principal corredor sofre uma lesão.

Nomes clássicos, como Antonio Brown, Julio Jones e outros claramente tem que ser draftados cedo, mas também há muitos bons nomes nas rodadas seguintes para essa posição. A seguir listamos alguns, seguidos do ranking.

Davante Adams

Os números de Jordy Nelson sempre foram top 5 do fantasy quando o recebedor esteve saudável. Adams tem o potencial para repetir Nelson e ser um dos três melhores wide receivers no fantasy em 2018. Para quem sai até na terceira ou quarta rodada, é um grande valor.

Corey Davis

O Titan sofreu para conseguir marcar seu primeiro touchdown na liga, e ainda não tem nenhum em temporada regular. Mas, principalmente contra os Patriots, mostrou talento e terá tido tempo para desenvolver química com Marcus Mariota. Davis será o wide receiver 1 dos Titans e deve mostrar porque foi draftado tão cedo há uma temporada. Lá pela sétima ou oitava rodada pode se tornar um dos dez maiores pontuadores de 2018 na posição.

Pierre Garçon

A idade pesa e consigo entender quem vê com suspeitas o wide receiver dos 49ers. Mas Garçon foi muito bem enquanto esteve saudável em 2017 e com Jimmy G lançando a bola seus números devem crescer. O líder de recepções da NFL em 2013 deve voltar com tudo nessa temporada e virar um dos queridinhos de quem o draftar.

Josh Doctson

Entrando no seu terceiro ano na liga, Doctson já deu sinais de talentos em diferentes momentos, principalmente no final de 2017. Com as mudanças que passaram os Redskins, o atleta tem plenas condições de assumir a posição de principal estrela do ataque e ganhar espaço na redzone, onde tradicionalmente Alex Smith não procura wide receivers, mas podemos ver mudanças em 2018.

D.J. Moore

Draftar um wide receiver calouro pode soar estranho no fantasy, mas a situação de Moore é diferente. Ele já é o wide receivers mais talentoso do Carolina Panthers e deve ir conquistando sua posição na equipe titular ao longo das primeiras semanas. Ao final da temporada, Moore pode não ser espetacular, mas, no mínimo, terá a produção de um wide receiver titular de sua equipe.

Michael Gallup

O calouro dos Cowboys não é um caso tão talentoso quanto o de Moore, mas também passa por um corpo de wide receivers fraco em Dallas. Dentre o que pode fazer a diferença para ele, pesa sua capacidade de se tornar o titular dos Cowboys e produzir como wide receiver 1 ao final da temporada.

John Ross

Após o fracasso do ano de calouro, Ross entra em sua segunda temporada pressionado, mas com uma ajuda de um ataque que melhorou bastante, principalmente na linha ofensiva. Com o jogo corrido dos Bengals e A.J. Green mais visados, o segundoanista corre por fora para se mostrar um valor interessante nesse ataque.

Ryan Grant

Subestimado na sua última temporada com os Redskins, Grant assinou com os Colts numa movimentação póuco elogiada, mas excelente. Longe de ser draftado em algumas ligas, Grant já vem subindo em rankings recentes e tem tudo para ser o segundo alvo preferido de Andrew Luck no seu retorno na NFL e um top 30 de pontuadores entre wide receivers.

  1. Antonio Brown
  2. DeAndre Hopkins
  3. Odell Beckham Jr.
  4. Julio Jones
  5. Michael Thomas
  6. Keenan Allen
  7. A.J. Green
  8. Davante Adams
  9. Mike Evans
  10. Tyreek Hill
  11. T.Y. Hilton
  12. Doug Baldwin
  13. Adam Thielen
  14. Larry Fitzgerald
  15. Alshon Jeffery
  16. Stefon Diggs
  17. Allen Robinson
  18. JuJu Smith-Schuster
  19. Amari Cooper
  20. Demaryius Thomas
  21. Golden Tate
  22. Brandin Cooks
  23. Marvin Jones
  24. Jarvis Landry
  25. Corey Davis
  26. Sammy Watkins
  27. Josh Gordon
  28. Pierre Garcon
  29. Chris Hogan
  30. Devin Funchess
  31. Cooper Kupp
  32. Robby Anderson
  33. Josh Doctson
  34. Robert Woods
  35. Jamison Crowder
  36. Davante Parker
  37. Randall Cobb
  38. Marquise Goodwin
  39. Will Fuller
  40. Julian Edelman
  41. Marqise Lee
  42. Sterling Shepard
  43. Kenny Stills
  44. Nelson Agholor
  45. Jordy Nelson
  46. Rishard Matthews
  47. Kelvin Benjamin
  48. Allen Hurns
  49. Kenny Golladay
  50. D.J. Moore
  51. DeSean Jackson
  52. Mohamed Sanu
  53. Tyrell Williams
  54. Calvin Ridley
  55. Paul Richardson
  56. Cameron Meredith
  57. Mike Williams
  58. Anthony Miller
  59. Martavis Bryant
  60. Tyler Lockett
  61. Michael Gallup
  62. Jordan Matthews
  63. Corey Coleman
  64. Cole Beasley
  65. Quincy Enunwa
  66. John Ross
  67. Kenny Britt
  68. Dante Pettis
  69. Equanimeous St. Brown
  70. Dede Westbrook
  71. Keelan Cole
  72. Danny Amendola
  73. Jermaine Kearse
  74. Christian Kirk
  75. Ryan Grant

.
.

Entre no grupo oficial do FA Hoje clicando aqui
.
.
.
Podcast FA Hoje mais do que especial com os bastidores da nossa participação no ESPN League! Gabriel Martins e José Paulo Mendes contaram tudo do Behind the Scenes do programa e também falaram das últimas notícias da Liga, escute!

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone

Novidade: Escute o Podcast FA Hoje no Google Podcast (Android)

iTunes (iPhone, iPad, iPod)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais)

Deezer

Soundcloud

4shared

Comments

comments