“Estou indo para Miami para fazer barulho”, diz Durval Queiroz

Não importa o que aconteça daqui para frente, Durval Queiroz já fez uma grande história no futebol americano. O ex-jogador do Galo e Cuiabá Arsenal se tornou o primeiro latino a assinar com a NFL sem ter passado pelo College Football dos EUA, um feito gigantesco que parece ter dado ainda mais confiança para o defensive tackle seguindo em frente. Em teleconferência realizada nesta quinta-feira, o brasileiro contou como foi o primeiro contato com o seu novo time, o Miami Dolphins, e prometeu que não está indo para fazer número.

‘Primeiro contato (com os Dolphins) foi quando recebi a ligação na segunda-feira. O GM (Chris Grier) ligou e me informou que tinham ficado impressionados com o que viram no Combine e que tinham certeza que eu poderia ajudar a franquia, me parabenizando. Agradeci pela oportunidade, disse que é a oportunidade da minha vida, que não vou desapontá-los e que estou indo para Miami para fazer barulho’, disse Durval.

O defensive tackle chega no Miami Dolphins em um momento de transição. A franquia demitiu Adam Gase, trocou o quarterback Ryan Tannehill e passa por um momento de total reconstrução. Para Durval, esse cenário não poderia ser melhor para dar início a sua carreira na NFL.

‘Eu acho que esse Deus preparou esse time para mim. A situação que o time está, precisando de defensive line, a situação dessa mudança de head coach… Ele tem uma história muito parecida com a minha, os pais dele são hondurenhos. Ele já avisou ao pessoal da NFL “eu entendo o que o Durval está passando, ele está vindo de outro país”. Ele já falou que vai me dar todo suporte que eu precisar. É um time que é o melhor panorama. Se eu conseguir confirmar a vaga no time, poderei ajudar, diferente de outros times que já tem a composição da linha defensiva estruturada. Se eu conseguir me destacar, eu vou poder fazer diferença no time’, analisou Durval.

Durval vai se apresentar ao Miami Dolphins no dia 15 de abril para fazer exames e assinar o seu contrato com a equipe. Durante o training camp o brasileiro vai lutar por uma das 53 vagas no elenco principal do time para a temporada. Caso não consiga, Duzão vai para o practice squad, já que os Dolphins (assim como as outras equipes da AFC Leste em 2019) tem uma vaga extra no time de treinamentos para jogadores internacionais. Caso siga esse caminho, o brasileiro não poderá entrar em campo em 2019. Aconteça o que acontecer, a história foi feita e o DT já encheu de orgulho os apaixonados por futebol americano no Brasil!

.
.
.

Podcast FA Hoje MUITO especial chegando para você! Gabriel Martins fez uma entrevista EXCLUSIVA com ninguém mais ninguém menos do que Durval Queiroz, o primeiro jogador brasileiro do FABR a chegar na NFL. Os dois conversaram sobre todo o processo que levou Duzão ao Miami Dolphins, detalhes do período de treinamentos, expectativas para o futuro e MUITO mais! Escute!

 

Como escutar o Podcast em celular Android | Como escutar o Podcast em iPhone

Spotify

iTunes (iPhone)

Soundcloud (Android e outros sistemas operacionais)

Nos escute no Google Podcast (só buscar FA Hoje no app)

Stitcher (Android e outros sistemas operacionais) 

Deezer

Comments

comments