Em jogo disputado até o final, Falcons batem o Seahawks em Seattle

Pelo Monday Night Football quem levou a melhor no CenturyLink Field foi o Atlanta Falcons , pelo placar de 34 x 31. O destaque vai para a atuação de Matt Ryan, da defesa de Atlanta e para o dinamismo do jogo, que teve apenas quatro punts.

A primeira campanha do jogo já foi de pontuação. Após um ótimo retorno de kickoff conseguido por Andre Hopkins, o setor ofensivo dos Falcons marchou até a endzone com a corrida de Tevin Coleman da linha de uma jarda. 7 x 0. O Seahawks respondeu o retorno de kickoff a altura com uma ótima corrida de Tyler Lockett, deixando Seattle numa boa posição de campo, mas logo depois Wilson foi interceptado por Desmond Trufant. Capitalizando o turnover, Matt Ryan lançou para Mohamed Sanu, que com uma mão fez a recepção e anotou mais sete para os visitantes. 14 x 0. Os mandantes diminuíram a diferença do placar depois de uma campanha ‘ressuscitada’ por uma falta da defesa dos Falcons. Wilson lançou para Graham dentro da endzone e o Seahawks anotou os seus sete primeiros pontos. Mais um turnover ajudou os Falcons a construírem o placar, Takkarist McKinley fez um sitrip sack em Russell Wilson e Adrian Clayborn correu até a endzone, para aumentar a vantagem para 21 x 7. Blair Walsh, pouco depois, entrou em campo para anotar três pontos para o Seahawks, 21 x 10. Os turnovers não acabavam, Andre Roberts não agarrou a bola no retorno de kickoff e como havia tocado nele foi considerado fumble, recuperado pelo Seahakws na linha de 11 jardas de Atlanta. Para capitalizar o turnover, Russell Wilson, numa quarta descida na linha de meia jarda, correu até a endzone e deixou o jogo 21 x 17. Antes do final do primeiro tempo, os Falcons ainda anotaram mais três pontos no placar com um FG de 44 jardas convertido por Matt Bryant. 24 x 17. O Seahawks tentou fazer uma trick play com um fake Field Goal na linha de 21 jardas do campo de Atlanta, com sete segundos no cronômetro para o fim do primeiro tempo, mas não foi uma tentativa bem sucedida.

Na volta do intervalo, Seattle conseguiu converter um FG de 37 jardas, diminuindo a vantagem, mas os Falcons deram um banho de água fria na reação do Seahawks e anotaram um TD após um lindo passe de Ryan para Levine Toilolo. 31 x 20. Seattle anotou mais um FG faltando 1:50 para o fim do terceiro período, desta vez de 46 jardas. 31 x 23. Os Falcons anotaram um FG de 19 jardas convertido por Bosher. 34 x 23. Russell Wilson é aquele elemento/jogador que não deixa o jogo acabar enquanto está em campo, o Seahawks conseguiu um TD e uma conversão de dois pontos em 49 segundos e deu margem para o time pensar em um empate, após a defesa conseguir um three and out. O Seahawks teve a chance de empatar o jogo com um FG de 52 jardas, mas Blair Walsh não conseguiu converter.

Na próxima semana o Seahawks vai até Santa Clara jogar contra os 49ers, já os Falcons recebem no seu estádio o Tampa Bay Buccaneers.

Comments

comments