Em jogo disputado até o fim, Falcons vencem os Rams em Los Angeles

O jogo em Los Angeles parece não ter trazido sorte para os Rams. A equipe perdeu para os Falcons por 26 a 13 em casa e está fora da temporada. Atlanta viaja até Philadelphia para enfrentar os Eagles nas semi-finais da NFC.

Ambas as defesas impediram o ímpeto dos ataques no início da partida. A sequência de quatro trhee-and-outs foi quebrada por um fumble de Pharoh Cooper em um retorno de punt, deixando os Falcons em posição de FG que foi confirmado no fim do primeiro quarto.

Tudo mudou no segundo período. Os ataques aqueceram-se e conseguiram se desenvolver. Pelo lado dos Falcons, Julio Jones se mostrou dinâmico recebendo passes em profundidade e curtos, além de correr com a bola. Os Rams usaram Robert Woods em diversos lances. A utilização do backfield foi importante para que saísse o primeiro TD do jogo, de Freeman. Esse contou com a ajuda de Alex Mack para entrar na endzone.

A secundária dos Falcons facilitava a vida do pass-rush, que por vezes chegou próximo a Jared Goff. Porém, o QB respondeu usando Todd Gurley, que fez diferença na descida de TD da equipe. Após uma corrida longa do RB, Goff encontrou Cooper Kupp livre para o touchdown. Gurley teve um grande impacto quando pegava a bola, mas não pode centralizar as tarefas para deixar o setor ofensivo mais imprevisível durante o jogo.

Após um primeiro tempo com muita troca de posse de bola, o terceiro quarto foi completamente oposto. Três drives longos monopolizaram o quarto e os ataques conseguiram certo ritmo de jogo. Porém, nos momentos decisivos as defesas ainda se mostraram superiores. Duas descidas que somaram 12 minutos terminaram com dois FGs para os Falcons que ainda mostraram dificuldades pela ausência do OG titular, Andy Levitre. Assim, Aaron Donald pressionou bastante a OL de Atlanta.

As dificuldades dos Falcons na redzone e os FGs chutados fizeram a diferença no fim. Os Rams batalharam até o fim, mas sofreram com a inexperiência. O TD de Julio Jones mostrou confusão na defesa dos Rams, que deixaram a estrela livre para a recepção.

Porém, os Rams não se deram por vencidos. Mesmo com a exímia marcação da secundária dos Falcons, fizeram um drive final muito bom, que culminou em uma quarta descida na redzone. Mas, a experiência adversária pesou e o turnover-in-down foi forçado. Dessa forma, os Falcons só precisariam manejar os 2 minutos restantes no cronômetro para garantir a vitória. Não conseguiram, e a bola foi retomada pelos donos da casa após um three-and-out forçado.

 

Comments

comments