Documentário ‘Tom vs Time’ é pedida obrigatória para o fã da NFL

Já parou pra pensar o que o maior quarterback da história faz para manter o alto nível sendo um ‘quarentão’ ? Ou como ele se relaciona com a família e os colegas ? Se você, assim como eu, tem essa e algumas outras curiosidades, não pode deixar de ver o documentário ‘Tom vs Time’, criado pela ‘Gotham chopra’ e lançado no dia 25 de janeiro deste ano.

A obra, que foi dividida em cinco partes, foi filmada com bastante descontração e naturalidade e como o nome sugere, trata da relação de ‘luta’ que Tom Brady precisa estabelecer contra o tempo para continuar fazendo história no futebol americano, treinar, saber lidar com a família e ter momentos de lazer.

Cada episódio tem um tema diferente. O primeiro deles é o ‘Jogo físico’. Sendo um atleta de 40 anos, que pretende estar presente na NFL ainda por algum tempo, Tom sabe que precisa focar no que é melhor para a longevidade da sua carreira e tudo passa pela administração do seu corpo. Em boa parte dos episódios podemos ver o atleta na cozinha preparando shakes ‘fit’ que fazem parte da sua alimentação. Além da cozinha, Brady nos mostra a sua relação com Alex Guerrero, seu massagista e amigo, que trabalha no grupo ‘TB12’ e revela a peculiar massagem que faz semanalmente para recuperar seus músculos através de movimentos de contração importantes para se preparar para treinos e jogos.

Resultado de imagem para tom vs time
Brady com Alex Guerrero

O segundo episódio é o ‘Jogo mental’. Neste, Tom expõe seu treinamento, citando suas qualidades e defeitos como jogador. Algo interessante que é retratado nesta parte do documentário é o treinamento da sua mecânica, que faz toda a diferença dentro dos gramados. Além de reparar nos detalhes para o lançamento da bola oval, TB se concentra nos jogos passados para tentar corrigir alguns problemas e até se comunica com Josh McDaniels (coordenador ofensivo dos Patritos) para tratar sobre pontos específicos nas partidas.

O terceiro capítulo, ‘O jogo social’, revela a aproximação de Brady com amigos e um deles é Julian Edelman. Ao longo do episódio, Tom fala da importância que existe de ter uma boa relação com os colegas, porque como Gisele disse, ele não pode fazer tudo sozinho (rs). Além de treinos, os amigos compartilham momentos de lazer, jogando golf, conversando descontraidamente e até mesmo participando de um mini rally.

 

Resultado de imagem para tom vs time
Brady treinando com Edelman

A penúltima parte do documentário (‘O jogo emocional’) exibe, essencialmente, Brady com a sua família. Um dos belos momentos deste episódio é quando a mãe do QB conversa, através de um vídeo chat, com o dono dos Patriots Robert Kraft e recebe um anel de campeonato das mãos do filho como forma de homenagem. E para os fãs do casal, Gisele marca presença neste capítulo em momentos que Brady ‘se derrete’ por seus filhos e pela esposa.

No último episódio, ‘O jogo espiritual’, Brady inicia com questionamentos reflexivos/existenciais e os relaciona com o seu papel no esporte. Parte da filmagem desse capítulo aconteceu na Costa Rica, em um período em que Brady e Gisele tiraram para relaxar (e até mesmo surfar) com os filhos em um ambiente paradisíaco. O quarterback também revela o quanto é difícil ‘desligar’ a mente e assume um papel de multitarefas em meio a tantas demandas. O desenvolvimento e conclusão deste capítulo são bastante interessantes. Gisele revela que o futebol americano foi a primeira paixão de Brady, sendo também a principal e como ele a ‘iludiu’ no momento em que a conheceu dizendo que jogaria apenas 10 anos e estaria satisfeito ganhando apenas um superbowl. O final do episódio mostra a reação de Tom já ao fim da temporada regular de 2017 com os Patriots disputando partidas intensas e cruciais para conseguir a seed #1 nos playoffs.

De maneira geral, ‘Tom vs Time’ é obrigatório para os fãs da NFL que, torcendo ou não, admiram Tom Brady. É possível conhecer parte da sua rotina e vida como atleta, pai, marido e filho. Como dito no começo do texto, a ‘série’ foi filmada de uma maneira descontraída e natural, dando, inclusive, uma perspectiva diferente do estereótipo criado a respeito de Brady. Não citei todos os detalhes da obra justamente para não dar tantos ‘spoilers’ e fazer com que você tenha curiosidade de assistir. Confira os episódios aqui.

Comments

comments