Com poucos pontos e ataques muito ruins, Jaguars batem Bills e seguem vivos nos playoffs

Não foi a vitória mais bonita da história dos playoffs, mas o Jacksonville Jaguars soube aproveitar do mando de casa e da sua eficiente defesa para vencer o Buffalo Bills pelo placar de 10 a 03 e seguir vivos pela disputa do título da temporada 2017.

No primeiro tempo só vimos as jogarem, mas muito mais por deméritos dos ataques. Nem Blake Bortles e nem Tyrod Taylor mostraram precisão nos passes e tiveram muito mais sucesso correndo com a bola do que passando. Muito vigiado, Leonard Fournette apareceu pouco, assim como LeSean McCoy que visivelmente estava sentindo a lesão no tornozelo. As faltas foram parte importante na primeira etapa e presentearam campanhas mortas dos Bills com primeiras decidas, pena que a equipe não aproveitou os vacilos da defesa dos Jaguars.

Já as defesas fizeram muito bem sua parte. Os Jaguars mostram o porquê de ter uma das melhores defesas da liga e conseguiram interceptar e sacar Tyrod Taylor. E a defesa dos Bills não ficou para trás e impediu várias vezes que Blake Bortles conectasse seus recebedores e impediu que Leonard Fournette fizesse estragos pelo chão. O grande destaque do primeiro tempo que terminou 03 a 03 foram os punters, que jogaram os ataques adversários no buraco e impedindo retornos explosivos.

No segundo tempo as equipes passaram a arriscar mais e mais avanços dos ataques foram vistos. E os ataques terrestres apareceram bem mais, com ambos os times passando das 100 jardas terrestres. Em um raro momento de brilhantismo, numa quarta para o gol, a ousadia do HC Doug Marrone foi presenteada com um belo passe para TD de Blake Bortles para o TE Ben Koyack, que premiou o belo drive dos donos da casa.

E os péssimos ataques seguiram errando bastante e as defesas fazendo sua parte. Os Bills ainda tiveram que ver Nathan Peterman finalizar a partida, devido a lesão de Tyrod Taylor após sofrer dura pancada. O reserva Nathan Peterman teve poucas chances de mostrar seu potencial e ainda sofreu uma polêmica interceptação do CB Jalen Ramsey que sacramentou a vitória dos Jaguars.

Pelos Jaguars, Blake Bortles não foi bem e terminou a partida muito mal nos passes mas compensando com boas corridas. O QB teve apenas 1 TD, 87 jardas aéreas e completou 12 de 23 passes, além de correr para mais 88 jardas. O calouro Leonard Fournette não apareceu bem e teve apenas 57 jardas em 22 corridas. No jogo aéreo o principal nome foi o TE Ben Koyack que anotou 1 TD e uma jarda. A defesa dos Jaguars foi o grande responsável pelo triunfo com muita pressão e eficiência durante todo o confronto, tendo dois sacks e mais duas interceptações, com destaque para o OLB Myles Jack que teve um sack e ainda desviou um passe para a interceptação do CB Aaron Colvin.

Já pelos Bills, Tyrod Taylor também não teve um bom desempenho, mostrando muita imprecisão nos passes e sem conseguir correr com a bola e ainda saiu machucado nos segundos finais da partida. O QB terminou com 0 TDs, 1 INT, 134 jardas, 17 de 38 passes completos e correu para mais 27 jardas. No ataque LeSean McCoy foi atrapalhado pela lesão pela ótima produção da defesa dos Jaguars, mas ainda foi o principal nome com 75 jardas terrestres em 19 corridas além de receber mais 44 jardas aéreas. Na defesa o OLB Lorenzo Alexander foi o principal nome com um sack e mais 10 tackles.

Agora os Jaguars viajarão à Pittsburgh para fazer o Divisional Round contra os Steelers. Já os Bills encerram seu sonho da voltar aos playoffs e repensarão seu 2018.

Comments

comments