Abrindo o Playbook – MVP da temporada, reação ao trailer do novo Vingadores e +

Se a temporada terminasse agora meu MVP seria: 

Tom Brady. E não tenho nenhuma dúvida quanto a isso, Carson Wentz claramente é o segundo colocado mas existe uma distância entre os dois, não os vejo empatados como na opinião de muita gente. E são os únicos candidatos, não existem outros. O que Brady está fazendo aos 40 anos é inacreditável, não sei se existe paralelo no esporte. Ele lidera a NFL em rating, jardas por jogo e lançou apenas três interceptações no ano, isso atrás de uma linha ofensiva bem pior que a dos Eagles, a defesa então nem se fala. Espero que o colégio eleitoral não ache “chato” dar o MVP para Tom e por isso votem em Wentz.

Ridículo o que o Corinthians fez com o Pablo 

Vou ser bem sincero, esse foi o ano que menos acompanhei futebol brasileiro na minha vida. A eliminação precoce do Flamengo na Libertadores tirou todo meu ânimo e pouco vi o Campeonato Brasileiro. Eu nem sabia quem era esse Pablo, mas fiquei revoltado com a postura do Corinthians de não deixá-lo participar da cerimônia de premiação pelo título porque não aceitou a renovação contratual e parece que vai acertar com outro time. É uma falta de profissionalismo sem tamanho, um amadorismo patético por parte da diretoria do clube.

Quando um jogador negocia com um time, ele só tem uma obrigação: fazer o melhor por si próprio. O Corinthians não fez caridade ao trazê-lo de volta da França, o fez porque achou que ele ajudaria a equipe e parece ter sido exatamente isso que aconteceu, já que foram campeões. Pablo teve uma proposta melhor e vai acertar com outro clube? Bom pra ele, obrigado pelos serviços, toma aqui sua medalha de campeão, tira foto no pôster e vida que segue. Que obrigação o jogador tem de aceitar um salário menor para permanecer no Parque São Jorge? Ridículo Corinthians, ridículo.

Minha reação ao trailer de Infinity War 

adfuhsdngngksnfisdnin

Essa foi a minha reação inicial, não conseguia formular frases ou palavras. A Marvel faz muitas coisas bem e uma delas é trailer, principalmente dos Vingadores. Parece que será um espetáculo sem paralelo, uma culminação de toda essa Era de filmes de super heróis.

Qual será o futuro dos filmes de super herói pós-Vingadores 3 e 4? 

Já temos dois Vingadores confirmados, o Infinity War (que vimos o trailer nesta quarta-feira) e o 4, que ainda não tem título e sairá em 2019. Kevin Feige, chefão da Marvel, já falou que o Avengers 4 será o capítulo final do MCU atual, significando que provavelmente não veremos mais Robert Downey Jr. como Tony Star, Chris Evans como Capitão América, Chris Hensworth como Thor, Scarlett Johansson como Viúva Negra e vários outros. Será uma grande renovação, sem precedentes. Como ficará o cenário de filmes de super herói dali em diante?

Meu palpite é que os filmes ficarão menores. Vingadores 3 e 4 serão gigantes, com um número enorme de personagens importantes e alguns dos atores mais famosos do mundo. Não vai dar para ficar maior que isso e Marvel será muito inteligente em nem tentar. Já estamos vendo um pouco de fadiga com o gênero, como por exemplo a baixa bilheteria de Liga da Justiça (claro que nesse caso específico o filme não ser tão bom é o maior fator). O foco maior deve e acredito que será em fazer bons filmes individuais de super heróis, e a eminente chegada dos X-Men e o Quarteto Fantástico serão pilares importantes no MCU pós-Vingadores originais.

Mini Podcast do Abrindo o Playbook

Obrigado a todos que escutaram o Mini Podcast do Abrindo o Playbook (que você baixar aqui ou escutar pelo YouTube aqui). Meu objetivo é fazer um quinzenalmente e em breve, talvez na offseason, colocá-lo no seu próprio feed. Na semana passada recebi o canal Plano Geral para falar do filme da Liga da Justiça e semana que vem o assunto será… FRIDAY NIGHT LIGHTS! Isso mesmo, a melhor série de futebol americano já feita. Reprisarei uma conversa que tive com a Giovanna Celestini, nossa consultora para todos os assuntos relacionados à cultura pop. Não percam!

Série: Parks and Recreation

Parks and Rec não fez tanto sucesso quanto The Office aqui no Brasil, mas é tão boa quanto. Comparei a The Office porque são os mesmos criadores e é o mesmo estilo, uma espécie de ‘Mockumentary’ só que ao invés de uma empresa que vende papel é o departamento de parques da prefeitura da pequena cidade fictícia de Pawnee, Indiana.

Estrelada por Amy Poehler, famosa por sua passagem pelo Saturday Night Live e uma dezena de filmes de comédia, Parks talvez seja melhor que The Office. A personagem principal é a Leslie Knope, uma esforçada funcionária do governo que luta para fazer sua cidade melhor, as vezes até demais. O grande trunfo da série são os outros personagens ao redor de Leslie, como Ron Swanson (interpretado por Nick Offerman), Andy (Chris Pratt antes de explodir com Guardiões da Galáxia), April (Aubrey Plaza) e Tom (interpretado pelo genial Aziz Ansari). É uma série espetacular, com sete temporadas e extremamente re-assistível.

Assista esse vídeo com os melhores momentos do Ron Swanson, que com certeza você reconhecerá de memes, e duvido que você não vai querer assistir a série toda!

 

Comments

comments